Terça-feira, 4 de Janeiro de 2011
O que constitui uma boa argumentação?

 

 

 

 

        

 

 

 

 

 

 

De um modo geral, podemos considerar como elementos necessários para construir uma boa argumentação, seguintes:

           

         - A capacidade de comunicação, segurança e convicção;

         - O conhecimento do tema ou assunto a defender;

         - O conhecimento do auditório;

         - A apresentação dos argumentos de forma clara e numa sequência tal que combine os argumentos mais fortes e mais pertinentes com os mais fracos, de modo a manter o auditório interessado e conseguir a sua adesão;

         - O encadeamento  coerente dos argumentos, de modo a realçar a validade e a adequação à tese que se quer defender;

        - A utilização de uma linguagem precisa, evitando o uso de termos equívocos e inconsistentes;

        - O estabelecimento de estratégias que permitam direccionar o encadeamento das provas e dos argumentos no sentido de provocar a adesão do auditório, pondo em relevo as crenças genericamente aceites pelo auditório,  socorrer-se de alguém cuja autoridade e prestígio sejam reconhecidos pelo auditório, repetir os argumentos mais fortes sob a forma de frases-chave, recorrer ao uso de figuras retóricas e efeitos linguísticos.



publicado por Branca Cerqueira às 17:03
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23

25
26
27
28
29
30


posts recentes

O Ethos, o Pathos e o Log...

Agumentação versus demons...

Argumentação e Retórica

Especificidade da Filosof...

Do "filosofar espontâneo"...

A Utilidade Da Filosofia ...

Livros Recomendados Para ...

O que constitui uma boa a...

As condicionantes da Acçã...

As condicionantes da Acç...

arquivos

Novembro 2012

Junho 2011

Janeiro 2011

Fevereiro 2010

Outubro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds